Avaliação Ford Mustang GT - Antes tarde do que nunca!

Avaliação Ford Mustang GT - Antes tarde do que nunca!

Foto de Portal F1

Enfim o muscle da Ford chegou oficialmente ao Brasil. E a gente o acelerou na pista

Ele enfim está entre nós. Mostrado a título de "testar a receptividade do público" desde o Salão do Automóvel de 1994, o Mustang finalmente desembarca de forma oficial no Brasil. Tanta espera pode ter valido a pena, pois a atual geração é a melhor já feita do Pony Car da Ford, e ela acaba de ser atualizada tanto visualmente quanto na parte mecânica. Tabelado a R$ 299.900 no período de pré-venda, que segundo a marca já garantiu mais de 230 unidades encomendadas, o Mustang estreia por aqui unicamente na versão GT V8 com o pacote performance. ​

A pré-apresentação da Ford para a imprensa aconteceu no autódromo Velo Città, no interior de São Paulo, com direito a um breve trecho de estrada entre Indaiatuba e a pista fechada. Foi pouco para curtir tudo que o motor Coyote V8 de 5.0 litros pode entregar, mas deu para perceber que o Mustang sabe bem fazer o jogo duplo: suficientemente confortável na estrada e divertido e feroz no circuito. Uma das novidades da linha 2018 são os amortecedores magnéticos, que podem ter sua rigidez variável (automaticamente ou por um botão no console). Pelos modos de condução (Normal, Sport, Sport+, Track, Drag e Snow) você controla resposta do câmbio, atuação do ABS, peso da direção e atuação do controle de estabilidade, entre outros parâmetros. 

Ford Mustang GT

O que também muda é o visor do painel digital de 12", que pode assumir três configurações distintas. No modo Track (pista), por exemplo, o conta-giros passa a ser em barra e ganha destaque quase total no cluster. Até mesmo o ronco do V8 pode ser configurado para ficar mais silencioso ou esporrento, incluindo uma programação de horário - você pode deixá-lo silencioso na madrugada, por exemplo. 

Na parte mecânica, o "V8itão" passou a contar com injeção direta (para altas rotações) e indireta (para baixas), como nos Audi. O etanol da nossa gasolina adicionou 6 cavalinhos ao haras original do Mustang GT, chegando a 466 cv totais. O torque é de 56,7 kgfm, gerenciados por uma nova transmissão automática de 10 marchas e despachados nas rodas traseiras. Esse câmbio é fruto de uma parceria entre a Ford e a GM, mas, segundo apuramos, há diversos itens exclusivos da marca do oval azul (inclusive patenteados) para um comportamento próprio. 

Ford Mustang GT

 

Ford Mustang GT

Na pista, o Mustang mostrou apetite de sobra para engolir as 10 marchas, com uma aceleração praticamente constante. Como as marchas são muito próximas, quase não há queda de giros nas trocas, com efeito próximo do um câmbio CVT. Também é um pouco estranho ter tanta marcha quando optamos pelas trocas manuais no volante, pois estamos sempre numa marcha acima do que estaríamos normalmente. Ou seja, uma curva que normalmente faríamos em terceira num carro de 6 marchas, o Mustang fará em quarta. As 7 primeiras marchas são para desempenho, enquanto a oitava, nona e décima são overdrive, para reduzir o consumo na estrada. 

Ford Mustang GT

Apesar de largo e pesadão (1.783 kg), o Mustang não é mais um "esportivo de reta" como antigamente. Desde a mudança de geração na linha 2015, ele trocou o velho eixo rígido na traseira por uma suspensão multilink. Agora com os amortecedores ajustáveis e apoiado sobre rodas aro 19", o muscle da Ford não é um devorador de curvas como um TT RS, mas é bastante estável e adora ser jogado de lado nos cotovelos. Mas ainda não foi desta vez que pudemos desativar o ESP, e nem colocá-lo ao lado do arquirrival Camaro. Tudo bem. Para quem já esperou tantos anos, o que são mais alguns dias?   

Ficha técnica: Ford Mustang GT

MOTOR dianteiro, longitudinal, 8 cilindros em V, 32 válvulas, 5.000 cm3, injeção direta e indireta, gasolina
POTÊNCIA/TORQUE

466 cv a 7.000 rpm / 56,7 kgfm a 4.600 rpm

TRANSMISSÃO automática de 10 marchas; tração traseira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e multilink na traseira
RODAS E PNEUS alumínio aro 19" com pneus 255/40 R19 na dianteira e 275/40 R19 na traseira 
FREIOS discos ventilados na dianteira e traseira, com ABS e ESP
PESO 1.783 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.789 mm, largura 1.916 mm, altura 1.382 mm, entre-eixos 2.720 mm
CAPACIDADES tanque 60,5 litros, porta-malas N/D
PREÇO  R$ 299.900

 

Fotos: Motor1.com e divulgação

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.